terça-feira, 7 de julho de 2009

COHAB quer implantar desenho universal

Comente!

Plenária sobre habitação acessível organizada pela vereadora Mara Gabrilli e o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência reúne mais de 600 pessoas e garante meta de moradias populares 100% acessíveis


Em maio, a Câmara Municipal recepcionou mais de 600 pessoas para discutir a acessibilidade nos projetos de moradia popular. O debate foi organizado pela vereadora Mara Gabrilli em parceria com o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD), por meio da sua presidente, Dora Simões, e contou com a presença do secretário-adjunto da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, Roberto Belleza, e representantes da COHAB-SP.

A vereadora Mara Gabrilli abriu a plenária orientando sobre a necessidade de garantir habitação acessível para qualquer pessoa. A legislação municipal preconiza que 3% das moradias populares devem ser adaptadas para atender pessoas com deficiência, porém “muitas pessoas não nascem com deficiência, elas adquirem ao longo da vida, ou mesmo os idosos que tem a mobilidade reduzida se beneficiam de uma moradia que prevê a acessibilidade”, explicou a vereadora.

O conceito de desenho Universal, que democratiza não apenas ambientes, como serviços e produtos a todas as pessoas será a meta da COHAB para os próximos projetos. José Rubens, diretor comercial, afirmou que “a COHAB já cumpre a lei no sentido de garantir a quantidade de unidades adaptadas, mas já estuda formas de estreitar relações com o Conselho da Pessoa com Deficiência para desenvolver produtos específicos para o segmento”.

Atualmente 5% das unidades são reservadas para o atendimento de pessoas com deficiência e toda a área útil dos empreendimentos é totalmente acessível. As pessoas com deficiência tem prioridade na fila dos programas habitacionais e segundo a COHAB elas representam 3% do total de pessoas inscritas nos programas de financiamento de moradia popular. O cadastramento para entrar no programa pode ser realizado pela internet no site http://www.cohab.sp.gov.br/.

Serviço:

Cadastramento nos programas habitacionais da COHAB
Local: Site da COHAB na internet – www.cohab.sp.gov.br
Documentos necessários: RG, CPF, Comprovante de Residência, renda familiar, data de nascimento e escolaridade (todos os membros da família), endereço do trabalho (titular), telefone de contato.
Fonte: http://www.vereadoramaragabrilli.com.br

DEFICIENTE ALERTA foi criado para orientar,educar,protestar e ajudar todos com deficiência. www.deficientealerta.blogspot.com

0 comentários:

Postar um comentário