terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Parque Nacional Serra da Capivara – acessibilidade para conhecer a arqueologia no Piauí

Comente!

Pessoas em cadeiras de rodas puderam conferir os principais sítios arqueológicos, que contam com rampas de acessibilidade.

O Parque Nacional Serra da Capivara está localizado no estado do Piauí, em uma área de 129.140 hectares do sertão semi-árido nordestino, que abrange os municípios de São Raimundo Nonato, João Costa, Brejo do Piauí e Coronel José Dias. Encontra-se na fronteira de duas grandes formações geológicas, a bacia sedimentar Maranhão-Piauí e a depressão periférica do rio São Francisco.
É o único parque arqueológico do mundo com clima e formações típicas da Caatinga, além de uma das últimas áreas do sertão que ainda contam com biodiversidade rica e preservada. Considerado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco e declarado pela ONU “unidade de conservação com melhor infraestrutura da América Latina”, o Parque contém mais de mil sítios arqueológicos, muitos dos quais ainda pouco estudados.
Cerca de 600 deles contêm pinturas e grafismos rupestres, onde podem ser encontrados, aproximadamente, 25 mil registros que revelam aspectos do dia-a-dia do homem americano – como rituais, guerras e cenas domésticas – há 100.000 anos. Com as pesquisas e descobertas realizadas até o momento, segundo os responsáveis pelo Parque, foi possível revisar e atualizar teorias que apontavam a chegada do homem às Américas há apenas 12 mil anos.
O acervo do Parque é formado, também, por sítios ao ar livre, antigas aldeias ou acampamentos de povos que viviam da caça e da coleta de ovos, frutas, mel, raízes e tubérculos; assim como sítios funerários ou arqueo-paleontológicos. Do total de sítios, 172 sítios podem ser visitados pelo público em geral, sendo 16 acessíveis a pessoas com deficiência física.
A Associação São raimundense de Deficientes Físicos – ASADEF já realizou uma excursão ao Parque Nacional Serra da Capivara. Os cadeirantes ficaram maravilhados com a acessibilidade aos principais sítios, pois os mais importantes deles possuem rampas de madeira ou cimento. “Enquanto muitas cidades, como a nossa, ainda hoje se esquecem da pessoa com deficiência física, a direção do Parque Nacional Serra da Capivara, há alguns anos já teve essa louvável preocupação”, acrescentou Salvador de Castro, presidente da ASADEF.
A excursão teve a participação de 19 pessoas, sendo 11 sócios (8 com deficiência física), e 8 acompanhantes. Eles visitaram o Sítio do Meio, Boqueirão da Pedra Furada, Pedra Furada, Mangueiras e Cerâmica Barreirinho – local de confecção e venda de cerâmicas.
Foi um momento inesquecível, pois algumas das pessoas com deficiência raramente têm o oportunidade de sair de casa e sua maioria jamais tinha tido a oportunidade de conhecer o Parque Nacional Serra da Capivara e todos ficaram encantados com as belezas do local.

Fonte: http://turismoadaptado.wordpress.com

Se vc Gostou do Blog ajude-nos a mante-lo clicando nos anúncios ao lado direito ou faça um Depósito de qualquer valor na conta abaixo: BRADESCO AG 0165-1 C/Poupança 1008725-2..DEFICIENTE ALERTA foi criado para orientar,educar,protestar e ajudar todos com deficiência. www.deficientealerta.blogspot.com

0 comentários:

Postar um comentário